Conteúdo é tudo o que importa

09/11/2017

Quem trabalha com comunicação provavelmente já se deparou com a seguinte frase:
 

Conteúdo é rei.

 

 

Mas você sabia que essa frase foi dita por Bill Gates em 1996? E ele falava justamente da internet (quando ainda era tudo mato). O que Bill Gates quis dizer lá atrás era que ele esperava que o BIG MONEY viria justamente da web, e ele citava muito os produtores de conteúdo como capitaneadores da revolução.
Bill Gates já falava que não bastava apenas pegar o seu conteúdo impresso, simplesmente republicar na internet e esperar que o público faça a transição. Ele dizia que era preciso lhe dar recompensas, como vídeo, áudio e informação extremamente atualizada.
 
Já é bastante clichê dizer que com a internet o valor de produção deconteúdo caiu drasticamente. O que é ótimo, porque agora temos uma profusão de gente produzindo coisas e muitas ideias saindo do papel. E isso é bom para todas as indústrias; o conhecimento rola solto e todo mundo pode criar informação e entretenimento.
 
Mas nem tudo são flores nesse jardim encantado da internet. Com a explosão de produtores de conteúdo ficou muito mais complicado ser um destaque na multidão. A questão é: como faço para me destacar?
 
Nessas horas é importante você, seja marca, seja criativo, agência, produtora, ter como lema gravado em pedra: conteúdo é rei. Ou seja, não adianta você ter estrutura, o último lançamento em câmera, luzes, um set caríssimo se a sua ideia não está bem trabalhada e seu conteúdo deixa a desejar.
 
Vamos pegar de exemplo um cara já bem famoso na internet: Whindersson Nunes. Você já parou pra prestar atenção em todos os aspectos do canal dele? O cara grava hoje exatamente da mesma fora que fazia lá em 2013: câmera equilibrada numa mesa, o próprio quarto, sem iluminação adequada, às vezes até sem camisa e hoje está aí: 24 milhões de inscritos, o maior canal do Brasil e um público muito engajado. Mas tem uma coisa que ele nunca esqueceu: conteúdo é rei. E ele sabe entreter a audiência entregando pra ela exatamente o que ela gosta e quer ouvir.
 
O público na verdade não se importa com a sua finesse técnica, ele quer ser entretido e se informar. E se você souber fazer isso, já tem
 
metade do caminho andado.
 
Então da próxima vez que for botar a mão na massa e produzir seu conteúdo, lembre-se: ele é rei. E se quiser uma mão pra botar ele nesse trono, existe a Vintepoucos Filmes 😉
 
Ah, quer ver o artigo original do Bill Gates? Aqui: https://www.craigbailey.net/content-is-king-by-bill-gates/
Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Por que estamos pagando por streaming?

May 11, 2018

1/7
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • Vimeo Social Icon
Copyright © 2015 Vintepoucos