5 séries ruins que amamos

Vamos botar as cartas na mesa: a gente sabe que todo mundo tem aquela série meio guilty pleasure. Sabe? Aquela que você assiste, engole todos os clichês, todas as barrigas de roteiro e até uma atuações meia boca, mas mesmo assim não consegue parar de ver. Pois bem, aqui na Vintepoucos não é diferente. Também temos nossas séries ruins que guardamos com todo carinho no coração, que assistimos escondido de nossos amigos e não contamos pra família na mesa de jantar. Segura que a partir daqui é ladeira abaixo:

1 - The 100

Imagina se o destino da espécie humana estivesse nas mãos de 100 adolescentes delinquentes que viveram a vida toda em estações espaciais? Agora imagina se esses mesmos adolescentes começassem a se rebelar pois percebem que estão a milhares de distâncias de suas famílias e não precisam obedecer ninguém? Pois é, The 100 é o clichê master dos estereótipos adolescentes. Acontece que a história começa a se desenvolver de uma forma que você. não. consegue. parar. de. assistir! A coisa fica ainda mais louca quando você percebe que em três temporadas a série aborda guerra nuclear, estações espaciais, animais geneticamente modificados, tribos com sociedades estruturadas e inteligência artificial! Ah, esqueci de comentar que a protagonista da série é bissexual, ou seja, como não amar essa profusão de elementos completamente desconexos e fora da realidade?

2 - Supergirl

O que falar dessa série que mal conheço e já considero pacas? Acho que todo mundo conhece a história do Superman. Supergirl é exatamente a mesma coisa, só que a protagonista é Kara Denvers, prima do nosso já conhecido Clark Kent. É aquela velha fórmula que todo mundo conhece: em cada episódio conhecemos um vilão diferente e, mesmo duvidando das suas capacidades, a Supergirl sempre salva o dia. Os efeitos são de procedência duvidosa, as fantasias em geral são péssimas, mas, talvez essa série tenha feito o melhor casting da história da TV ao contratar Melissa Besnoist para viver a super heroína! Ela é tão fofa e carismática que você não pode passar mais de uma semana sem vê-la.

3 - O Atirador

Quando começamos a assistir O Atirador nem sentimos que a série vai para uma estrada um pouco esburacada e tortuosa. Ela começa bem, muita ação, planos mirabolantes, um personagem instigante. Tem a lista completa para te fisgar no primeiro episódio. Mas aí ela te pega desprevenida com uma rasteira pelas costas. Quando você percebe já está assistindo a um roteiro completamente formulaico e cheio de clichês. Mas é tarde demais, você se apegou ao personagem, à sua família, os inimigos lhe parecem interessantes. Agora só lhe resta ir até o fim, onde você sabe que tudo vai se resolver e terá um cliff hanger não tão brilhante assim para uma segunda temporada. Mas ao menos ela te entrega exatamente o que se espera: muita porradaria, tiros desumanamente certeiros e um plano de dominação global. Sem pretensões: um lixo, mas um lixo maravilhoso.

4 - Designated Survivor

Para ser uma série ruim, mas boa de verdade você precisa de duas coisas: personagens clichês e um plot completamente absurdo. E é exatamente isso que Designated Survivor te entrega: uma trama onde o presidente dos Estados Unidos é assassinado e todos seus possíveis sucessores morrem juntos numa explosão misteriosa. Mas há apenas um homem que pode salvar a nação mais poderosa do planeta: o Designated Survivor, o último funcionário vivo da Casa Branca. Animal, né? Os personagens são tão clichês que é possível até prever a fala de alguns deles antes mesmo de serem ditas, o que torna a experiência um grande game show particular. Não tem absolutamente nada de inovador e toda a trama se desenvolve da maneira mais óbvia possível, ou seja, é a série perfeita para desligar o cérebro, recostar na cadeira e passar horas assistindo ao melhor conteúdo duvidoso na Netflix.

5 - Revenge

Quem é que não adora uma história repleta de intrigas, vinganças e ninjas? Revenge te entrega tudo isso e muito mais! Após ser forçada a viver longe do pai, que foi acusado de terrorismo, uma menina muda seu nome e volta toda poderosa para acabar com a vida de todos os envolvidos na condenação de seu pai. As situações são tão absurdas que viciam! É explosão, assassinato, traição, chantagem, bastardos e até um treinamento super secreto com uma espécie de Senhor Miyagi do lado negro da força! Se você gostou de Avenida Brasil, vai amar Revenge.

#netflix #séries #TV #conteúdo #internet

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • Vimeo Social Icon