O meio também é narrativa


Quando estamos na faculdade nos perguntamos em vários momentos: "mas pra que raios eles estão me falando isso?". É muito comum que não encontremos aplicação prática para muitas coisas que nos são ensinadas. E convenhamos, sem a experiência prática realmente é difícil ver a utilidades das coisas.

Mas vim hoje para falar de um cara que já é conhecido da galera de humanas: Marshall McLuhan. Mas calma! Não precisa fechar o texto agora, te prometo que não vai ser textão teórico.

Tem uma frase bem famosa que me deixou pensando nos últimos dias:

"O meio é a mensagem."

Lembro que quando o professor falou isso pela primeira vez na sala de aula ninguém entendeu muito bem. Mas hoje, vi que essa frase faz todo o sentido.

Quando você começa a trabalhar com marcas é normal que fique maluco na hora de pensar na quantidade de canais diferentes nos quais podemos passar nossa mensagem: facebook, twitter, stories do Instagram, TV, media out of home. São infinidades. E é normal pensar que é só pegar um material e replicar nos outros meios: "corta a borda, joga o vídeo horizontal pro display vertical, ninguém vai notar".

O que McLuhan dizia lá atrás que a turma da acadêmica tinha dificuldade de entender é que o meio no qual você publica o conteúdo é um fator determinante de parte da narrativa. Quer um exemplo? Você não filmaria uma propaganda vertical na vertical, como um stories do Instagram e veicularia na TV, não é? Pois é, o meio faz parte da narrativa, é a moldura da sua história. E como hoje é praticamente impossível fazer publicidade sem pensar na narrativa, é igualmente impensável não levar em conta o meio na qual vai a sua história.

Sabe o mais legal? O cara já tava ligado nisso antes mesmo da gente começar a gravar na vertical.

#mcluhan #meioéamensagem #comunicação #conteúdo #marketing

Posts Em Destaque